As primeiras escolhas na fotografia! Algumas dicas para fotografar

Tema:Diversos
Autor: Ricardo Martinelli
Data: 19/8/2013

A fotografia apaixona e cativa cada dia mais e mais pessoas ao redor do mundo, seja pela facilidade dos tempos atuais, onde a máquina digital tornou esta atividade aparentemente mais simples, seja pela necessidade de registrar momentos, paisagens, viagens, e tudo o que se mostra a nossa frente.

A pergunta é frequente e acontece toda vez que as pessoas se deparam com um fotógrafo, seja ele profissional, ou amador avançado: “precisa de tudo isso para conseguir uma boa foto?”, fazendo alusão ao equipamento sofisticado e caríssimo que se apresenta. E a resposta é “não”! Dentro da fotografia existem diretrizes e fórmulas que podem auxiliar muito na hora do “click”, e isso independe do tipo de máquina que se está usando, mas especificamente de “composição”, “exposição” e “sensibilidade”.

Em outra oportunidade entrarei em maiores detalhes, por enquanto é importante ter em mente que com sua máquina compacta é possível sim fazer boas fotos, busque conhecê-la melhor, estudar seu manual é um bom início, fotografar, fotografar e fotografar. Uma cena nunca se repete, portanto você deve estar pronto para este momento, em cenas de esporte de aventura, comparo este momento com o instante em que um artilheiro de futebol fica cara a cara com o gol, se não treinou bastante a chance de errar é enorme.

Existe atualmente uma tendência da indústria fotográfica de tentar simplificar as coisas para seus clientes, é sensor de sorriso pra cá, disparo automático pra lá, ajuste a condições extremas sem precisar apertar nada, e assim vai, as pessoas que idealizam estas “maravilhas tecnológicas” no fundo acreditam que somos todos burros e que quanto menor a influência humana no processo melhor.

Fuja deste tipo de máquina, as melhores são aquelas que possibilitam ajustes manuais e ao contrário das outras, não interferem em nada no momento do click, é só pesquisar e ler as especificações antes de adquirir uma. Se preocupe menos com a quantidade de “megapixels” e mais com o que oferece em termos de funções.

Boas fotos!

Currículo resumido

Ricardo Martinelli

Fotógrafo de natureza tendo participado de diversas exposições coletivas, sendo premiado em concursos nacionais sobre o tema. Membro do Grupo Luminous de Fotografia e sócio diretor do Banco de Imagens Fotoabout (www.fotoabout.com).

Como membro da União Paulista de Espeleologia - UPE desde sua fundação, em 1994, já participou do mapeamento de diversas cavernas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Paraná e Goiás. Desde 2003 é coordenador do CNC - Cadastro Nacional de Cavernas da SBE. Como formação acadêmica é odontólogo, especialista e mestre, atuando como professor acadêmico na Universidade Paulista - UNIP.





© Copyright 1998 - 2012 - 360 GRAUS MULTIMÍDIA
Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na Internet, sem autorização mesmo que citada a fonte.

Compartilhe:


Livros:

Equipamentos:

  • Parati: charmosa, elegante e cheia de histórias de aventuras
    Lugares
    Parati: charmosa, elegante e cheia de histórias de aventuras
  • Parque Nacional de Monte Roraima
    Parques
    Parque Nacional de Monte Roraima
  • Rota dos Sonhos: trilhas, cultura e muita aventura
    Lugares
    Rota dos Sonhos: trilhas, cultura e muita aventura
  • Parque Nacional Marinho dos Abrolhos
    Parques
    Parque Nacional Marinho dos Abrolhos
  • Parque da Restinga de Jurubatiba. Equilíbrio Biológico Global
    Ecoturismo
    Parque da Restinga de Jurubatiba. Equilíbrio Biológico Global
  • Penedo: conheça a bela 'pequena Finlândia' do Brasil
    Ecoturismo
    Penedo: conheça a bela 'pequena Finlândia' do Brasil