Repórter 360 – Eu saltei de Bungee Jump

Nossa repórter Adriana Fernandes descreve a sensação de saltar de Bungee Jump de cima de um guindaste a 40 m de altura.

Preparativos Tudo começou quando meu editor perguntou quem da equipe 360 Graus teria ‘coragem’ de saltar de bungee jump e transformar essa experiência em uma matéria. Eu respondi que poderia fazer e por unanimidade, já quem ninguém mais se candidatou, eu fui a escolhida.

Primeiro passo: Iniciei uma busca por meio da internet de empresas que realizavam saltos aqui no Brasil e encontrei algumas. O detalhe agora era outro. Qual dessas empresas devo confiar?

Segundo passo: Li e reli todas as informações possíveis e imaginárias nos sites que encontrei, busquei matérias já publicadas sobre as empresas, saltos que já fizeram, formação dos instrutores, ou seja, tudo que pudesse me convencer de que estaria lidando com profissionais e não ‘aventureiros’ do meio. Após duas semanas de pesquisas optei pela Equipe Adrena Eventos & Expedições, uma empresa que está há cinco anos no mercado e que carrega em seu currículo profissionais formados pela Adrenalin Dreams Adventures, uma espécie de “MBA” dos esportes radicais.

Terceiro passo: Após a escolha da empresa contatei o diretor Eliezer Shoel, mais conhecido como Lico e a partir daí iniciamos uma série de contatos para acertar o dia do salto. A princípio seria em um domingo, de cima de uma ponte no interior de São Paulo…De repente tudo mudou!!! A expedição foi cancelada e Lico me enviou um email assim: Adriana, Infelizmente por problemas técnicos e burocráticos, nós não realizaremos a expedição para a ponte férrea neste final de semana! Mas não faltarão oportunidades de você saltar nesta ponte!

Em todo caso, amanhã (sexta 30/03) estaremos com o Bungee Jump de guindaste montado na praça Charles Miller (Pacaembú) para realização de uma matéria ao vivo para o programa Calçadão da Rede 21, e aproveitando a oportunidade podemos fazer o seu salto….assim conhecerá a diferença entre saltar da ponte e do guindaste!!!!!!!! Oportunidade quase que única para o momento….te espero lá às 12h00!!! Qualquer coisa liga! Stay Safe, Defy Gravity! Lico Shoel – Diretor Comercial Equipe ADRENA Eventos & Expedições

Eventos:

Na área de eventos, podem ser realizados saltos utilizando Guindastes, Helicópteros e até Balões de ar quente

Em países como a Nova Zelândia, berço do esporte, aventureiros que estiverem dispostos a desembolsar U$ 300, têm a oportunidade de fazer “Heli-bungees” de 100m de queda.

As operações com Bungee Jump à partir de guindastes são mais versáteis, podendo ser montadas em qualquer área livre de no mínimo 300m2, fazendo muito sucesso em Parques de Diversão, Feiras e Eventos com grandes públicos. Nestes casos os saltos são feitos através do içamento do jumper junto com um jumpmaster através de uma plataforma móvel.

Expedições:

Uma forma de integrar o esporte à natureza é a realização de expedições para saltos de Bungee Jump em pontes desativadas (modalidade esportiva muito difundida em todo mundo).

Na maioria das vezes o acesso é difícil e obriga os participantes a atravessar trilhas no meio de matas virgens

Em alguns casos a natureza recompensa, colocando um rio em baixo da ponte, tornando possível molhar o corpo na água durante o salto.

Nestes saltos a ancoragem é feita na própria ponte, exigindo alguns testes de força para checar a resistência da estrutura existente. É indispensável uma ancoragem “back-up” para garantir segurança máxima.

O procedimento de saída implica em passar para o lado de fora da cerca de proteção da ponte, se posicionar para o salto e se jogar vão abaixo.

O Resgate pode ser feito tanto trazendo o jumper para cima como levando para baixo, dependendo das condições do local.

Para realização destas expedições são necessárias técnicas operacionais muito mais aprimoradas, sendo essencial o conhecimento de sistemas de içamento de cargas, resgate em altura e primeiros socorros.

Deixe um comentário